44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

Saúde em Mandaguaçu ganha novo formato em 2020:

Desde que o hospital São Lourenço de Mandaguaçu encerrou o convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS), no último dia de dezembro de 2019, é que o Departamento de Saúde se mobilizou para ampliar o horário de funcionamento de uma das cinco Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Logo, a UBS Central passou a oferecer atendimento 24 horas para também atender as demandas de urgência e emergência da população. 



O horário de atendimento de cada UBS ocorre, de segunda a sexta-feira, da seguinte forma: Bela Vista, Pulinópolis e Parque Ouro Verde atendem das 7h até 17h. Já a unidade da Vila Guadiana possui expediente das 7h até 19h. O Posto de Saúde Central oferece atendimento em atenção básica das 7h até 22h, e das 22h até 7h fica como referências para os casos de urgência e emergência durante os dias úteis. Aos finais de semana e feriados o atendimento é 24 horas apenas na UBS Central.



De acordo com a Secretária de Saúde de Mandaguaçu, Cristiane Amaral, o hospital São Lourenço mantinha dois convênios: um com o município e outro com o Estado. Para o município o convênio era destinado para o atendimento de plantão, para casos de urgências e emergências, das 22h até 7h, feriados e finais de semana: 24 horas. Com o cancelamento do convênio, as mesmas atividades foram transferidas e estão sendo realizadas no mesmo horário na UBS Central. As suturas e outros pequenos procedimentos se destacam na rotina dos plantões. Já o convênio com o Estado era respectivo à Autorização de Internação Hospitalar (AIH), que diz respeito aos procedimentos de internação tanto clínico quanto cirúrgico. “Mandaguaçu possuía 83 AIH no hospital São Lourenço, com o fechamento é que essas autorizações foram transferidas para outros municípios, como Astorga (Hospital Cristo Rei), Colorado (Santa Clara) e Sarandi (Hospital Metropolitano)”, explica a Secretária.



As mudanças repentinas na Saúde local acabaram despertando receio e curiosidade em parte da população que utiliza o SUS no município. Porém, a partir do novo cenário é que Mandaguaçu acabou conquistando a ampliação no atendimento cirúrgico de especialidades. “Antes não dispúnhamos desse tipo de serviço, era realizado apenas cirurgia geral no hospital São Lourenço. E nesses novos hospitais agora é possível realizar cirurgias com especialistas, como cirurgia pediátrica, ortopédica, vascular, uma conquista para a nossa população”, comemora a Secretária de Saúde.



No entanto, a UBS Central tem sofrido com super lotação devido o uso inadequado dos serviços oferecidos após os respectivos horários de fechamento das demais Unidades Básicas. Isso tem acontecido porque uma parcela da população está utilizando o novo horário de funcionamento para realizar consultas de rotina, alegando ser urgência/emergência um quadro que poderia ser atendido na devida UBS de pertencimento, dentro do horário de expediente. “Há casos que podem esperar porque são típicos do atendimento básico de saúde, e outros que não podem porque oferecem risco à vida e a população precisa ter consciência disso”, ressalta a aposentada Neuza de Oliveira, 63 anos, usuária da UBS da Vila Guadiana.



Para facilitar a identificação da população em relação a devida UBS de pertencimento é que a prefeitura elaborou um mapa colorido com a disposição dos bairros em relação a cada posto de saúde. Logo, se o morador que buscar atendimento na UBS Central, logo após o fechamento da UBS de referência, não for classificado como caso de urgência ou emergência durante a triagem, o mesmo será encaminhado para acolhimento na devida Unidade Básica de Saúde.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 05/04/2020 - Abertura do comércio será liberada com moderações ...
  • 01/04/2020 - Igreja Católica arrecada doações para famílias car...
  • 01/04/2020 - Fundamentos sólidos para o pensamento político cri...
  • 01/04/2020 - Professores e estudantes da UEL produzem álcool 7...
  • 01/04/2020 - Mapeamento de território para Cicloturismo em Itag...
  • 01/04/2020 - Hospital Santa Clara de Colorado recebe doação de ...
  • 01/04/2020 - UEL põe laboratórios à disposição para fazer 200 ...
  • 01/04/2020 - Rio Paraná terá a maior trilha aquática do mundo
  • 17/03/2020 - Assembléia de prestação de contas do Sicredi em Fl...
  • 17/03/2020 - Fundamentos sólidos para o pensamento político cri...
  • 17/03/2020 - Como posso fazer propaganda da minha candidatura?
  • 17/03/2020 - UEM vai participar do Programa Irriga Paraná
  • 10/03/2020 - Flórida realiza Arrastão contra a Dengue
  • 10/03/2020 - Inaugurada sala de Fisioterapia do município de Fl...
  • 10/03/2020 - Um chamado à reforma da raiz do pensamento educaci...
  • 10/03/2020 - Paranacity iniciou a semana pensando MULHERES
  • 10/03/2020 - Arilson Chiorato se reúne com PT de Ourizona para...
  • 10/03/2020 - Mandaguaçu pretende economizar custos com frota mu...
  • 10/03/2020 - Novo Comando na 9ª CIA Independente de Polícia Mi...
  • 10/03/2020 - Jovem de Nova Esperança, se destaca como composito...
  • 10/03/2020 - Agentes de Endemias realizaram ação com alunos do...
  • 03/03/2020 - Prefeitura de Paranapoema concede reajuste de 9,1...
  • 03/03/2020 - Rodovias às margens do Rio Paranapanema recebem m...
  • 03/03/2020 - Consórcio Intermunicipal Caiuá Ambiental – CICA /...
  • 03/03/2020 - Por quê Deus nos criou?
  • 03/03/2020 - Mandaguaçu deve economizar mais de R$ 500 mil com...
  • 03/03/2020 - A Formação Continuada Desenvolve Competências e ...
  • 03/03/2020 - Cerimônia no TG 05-016 marca apresentação de inco...
  • 03/03/2020 - Programa do Sicredi “A UNIÃO FAZ A VIDA” chega em ...
  • 03/03/2020 - Poder Legislativo de Paranapoema devolve mais de R...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas