44 3252-1177

[email protected]

Projeto outorga à Nova Esperança título de “Capital Nacional da Seda”:

A concessão do título Nacional de Capital da Seda se reveste de enorme relevância para a história e a cultura de Nova Esperança. Com uma população de 30 mil habitantes, o município produz mais de 328 mil quilos de casulo verde por safra, atualmente. Com esses números, Nova Esperança situa-se como a maior produtora de seda na América Latina. Mas não só por este motivo, porque também o fio da seda produzido em Nova Esperança prima-se pela alta qualidade da produção quando comparado ao de outros países.



É bom lembrar que a sericicultura se constitui em uma atividade economicamente rentável, socialmente justa e ecologicamente correta, uma vez que não requer a aplicação de qualquer tipo de agrotóxico.



A Comissão de Justiça da Câmara dos  Deputados Federais analisou e aprovou nesta 5ª feira (30 de Maio de 2019) o Projeto de Lei 10.512-A de 2018 de autoria do  deputado Rubens Bueno, que estabelece critérios mínimos para a outorga do título simbólico de “Capital Nacional da Seda”, ao município de Nova Esperança (PR) o texto agora vai a Plenário para apreciação da casa e seguirá para o Senado Federal. 



Nova Esperança driblou a crise cafeeira, dos anos 60 e de lá para cá, veio consorciando seus espaços com a agricultura de subsistência familiar e o cultivo das amoreiras em escala industrial, deu-se, a partir dos anos 80, instalando aproximadamente 1.500 barracões para a criação do Bicho-da-Seda, abrigando 4 empresas parceiras seja para o fornecimento de insumos, larvas ou lagartas e compra dos casulos verdes para serem beneficiados em outros centros industrializados gerando emprego e renda ao município.



O reconhecimento dá ainda mais destaque para o município de 30 mil habitantes que já é apontado nacionalmente como campeã em limpeza urbana e detém o título de melhor gestão de lixo no Brasil. “Tudo isso é fruto do trabalho dos pioneiros que iniciaram essa atividade na região na década de 1980 e com a o avanço da tecnologia conquistaram a excelência na produção numa união entre produtores, indústria, pesquisadores e poder público”, afirmou Rubens Bueno.



Para o prefeito Moacir Olivatti, que sugeriu o projeto ao deputado, o título de Capital Nacional da Seda irá valorizar cada vez mais a cidade e seus produtores. É mais um passo para reconhecer o trabalho do maior produtor de casulos verdes do Brasil, o que enriquece sua história e sua cultura.



O Deputado afirma que a cidade já produz uma bela quantidade de quilos de casulo verde por safra, despontando como a maior produtora na América Latina, merece este título que está previsto no Projeto de Lei 10512/18, e o texto agora seguirá para o Senado Federal, a menos que haja recurso para que seja analisado também pelo Plenário da Câmara.


 


A ARTE DA  SERICICULTURA LOCAL


Descoberta por volta de 4.500 AC e mantida em segredo durante séculos pelos chineses, a produção de seda (sericicultura) é hoje dominada por vários países. Chamada de sericicultura, a atividade consiste na criação do bicho-da-seda para a produção do fio, que já chegou a valer o mesmo que ouro deu nome à rota comercial entre a China e Europa e é atualmente um dos produtos mais cobiçados pela indústria da moda.



Nova Esperança, distante de todo esse histórico milenar, chegou a ter mais de 1.200 barracões, gerando emprego no campo para 1.500 famílias. Quatro empresas estiveram presentes durante mais de 20 anos, atendendo produtores, foram elas, Kanebo, Bratac, Kobs  e Cocamar. 



Mas depois de tantos ocorridos, resultou em uma única empresa  sobrevivente,  a Bratac, atendendo  mais de 120 famílias que se mantiveram na cultura e deve recomeçar gradativamente a ganhar espaço no agro nacional. 



A Secretaria de Agricultura do município aponta que na safra 2017/18 entraram na atividade  novos produtores. Para o próximo período produtivo, que se inicia em setembro (junho a agosto é a entressafra da atividade) são mais  produtores que estarão em pleno vapor.



A empresa necessita de um novo volume de fios justamente para atender o mercado externo.  “Assim, esperamos uma nova revolução no setor” comenta cheio de esperanças o Prefeito Moacir Olivatti.  Para ele, o momento é interessante para a sericicultura justamente porque a cadeia está bem fechada, uma sinergia importante entre produtores, indústria, aplicação de tecnologias, pesquisa e extensão rural, inclusive com propriedades modelos de referência para atrair novos produtores.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 10/12/2019 - Nova Esperança comemora seus 67 anos na próxima s...
  • 10/12/2019 - 14º Encontro de Agricultores Familiares de São Jo...
  • 10/12/2019 - Presépio Vivo em Mandaguaçu
  • 10/12/2019 - Tiro de Guerra realiza Formatura de Licenciamento...
  • 10/12/2019 - Agência do Trabalhador de São Jorge do Ivaí é ref...
  • 10/12/2019 - Sala do Empreendedor de Nova Esperança recebe prêm...
  • 10/12/2019 - Sanepar fará novos investimentos em Nova Esperança
  • 10/12/2019 - Festa da Padroeira de Floraí
  • 10/12/2019 - Impacto Som /Gela Cuca é Campeão do Campeonato de ...
  • 03/12/2019 - Técnicos e produtores rurais aprovam a pulverizaçã...
  • 03/12/2019 - SEBRAE/PR realiza palestra “Educação Financeira” ...
  • 03/12/2019 - Floraí amplia laboratório de informática
  • 03/12/2019 - Deputado Estadual Professor Lemos percorre municíp...
  • 03/12/2019 - Governo do Estado e Prefeituras assinam plano de ...
  • 03/12/2019 - Alunos apresentam resultados de programa social d...
  • 03/12/2019 - Mais R$ 700 mil em obras e equipamentos são entreg...
  • 03/12/2019 - Amistoso Futebol Amador Regional Floraí x Grupo G...
  • 03/12/2019 - 4°Aulão de Zumba beneficente em prol da APAE/Itag...
  • 19/11/2019 - São Jorge do Ivaí abre uma nova rua para acesso do...
  • 19/11/2019 - 9ª Companhia Independente de Polícia Militar come...
  • 19/11/2019 - Em Floraí, Sicredi União PR/SP incentiva leitura p...
  • 19/11/2019 - Biblioteca Cidadã de Inajá realiza 1ª Noite de Au...
  • 19/11/2019 - Nova Esperança sedia 1º Seminário Regional de Visi...
  • 19/11/2019 - Comitiva paranaense conhece complexo de gás natura...
  • 12/11/2019 - Municípios com menos de 50 mil habitantes abrem o...
  • 12/11/2019 - Governo quer abrir 20 mil vagas de empregos para j...
  • 12/11/2019 - Projeto “Bom de Bola, Bom na Escola” completa três...
  • 12/11/2019 - NEIAB promoveu 13ª Semana Afrobrasileira com tema ...
  • 05/11/2019 - Moção parabeniza pioneira Madalena Ranuci Tamiozzo...
  • 05/11/2019 - NEP - SAMU Regional Norte Novo em São Jorge do Iv...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas