44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

NEIAB promoveu 13ª Semana Afrobrasileira com tema “Vidas Negras” em Maringá:

Ocorreu nos dias 6, 7, 8 de novembro a XIII Semana Afro-Brasileira é o mais tradicional evento científico-acadêmico realizado no norte do Paraná. O evento foi promovido pelo Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-brasileiros da Universidade Estadual de Maringá – Paraná (UEM) em parceria com OAB/Maringá seção Igualdade Racial e Fundação Escola do Ministério Público do Paraná – Fempar, além de contar com apoio de diversos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Estadual de Maringá.



Semana Afro-Brasileira teve como temática “Vidas Negras”, O objetivo do evento foi problematizar e sensibilizar Estudantes de Graduação, Estudantes de Pós-graduação, Professores de Ensino Superior e Profissionais, Estudante de Ensino Técnico, Professores da Educação Básica, Comunidade externa e Movimentos sociais para os impactos do racismo na restrição da cidadania de pessoas negras, influenciando atores estratégicos na produção e apoio de ações de enfrentamento da discriminação e violência.



No Brasil, sete em cada dez pessoas assassinadas são negras. Na faixa etária de 15 a 29 anos, são cinco vidas perdidas para a violência a cada duas horas. De 2005 a 2015, enquanto a taxa de homicídios por 100 mil habitantes teve queda de 12% para os não-negros, entre os negros houve aumento de 18,2%. A letalidade das pessoas negras vem aumentando e isto exige políticas com foco na superação das desigualdades raciais.



Segundo pesquisa realizada pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e pelo Senado Federal, 56% da população brasileira concorda com a afirmação de que “a morte violenta de um jovem negro choca menos a sociedade do que a morte de um jovem branco”. O dado revela como os brasileiros têm sido indiferentes a um problema que deveria ser de todos.



Segundo dados divulgados pelo UNICEF, de cada mil adolescentes brasileiros, quatro vão ser assassinados antes de completar 19 anos. Se nada for feito, serão 43 mil brasileiros entre os 12 e os 18 anos mortos de 2015 a 2021, três vezes mais negros do que brancos. Entre os jovens, de 15 a 29, nos próximos 23 minutos, uma vida negra será perdida. Além disso, o evento buscou chamar atenção para a baixa presença de alunos e de alunas negras na Universidade Estadual de Paraná e colaborar de forma significativa com os debates em relação a implementação de cotas raciais para a população negra nos vestibulares da instituição.



No decorrer dos três dias tiverem presentes no evento mais de 500 pessoas, que se dispuseram a ouvir e discutir, estratégia de valorização da vida negra e como o racismo afeta o cotidiano dessa população. Para além disso, ao realizar o último dia do evento (08/11) na sede da OAB Maringá o evento realizou um feito histórico que ter em mesa três operadores do direito que são negras na Mesa-redonda Vidas Negras e Estado encerra a XIII Semana Afrobrasileira na OAB com o promotor de Justiça do Ministério Público do Paraná – MPPR, André Luiz Querino Coelho, Prof. Luciano Góes, Luciano advogado, doutorando em direito na Universidade de Brasília e Maurício Domingos, advogado, professor e Presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB Sub-seção Maringá.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 14/07/2020 - Nova Esperança recebe obra do CINDEPAR em parceria...
  • 14/07/2020 - Inajá decreta fechamento parcial no comércio por 1...
  • 14/07/2020 - Maçonaria de Nova Esperança doa 30 cobertores à Sa...
  • 14/07/2020 - Dom Severino Clasen é o novo Arcebispo de Maringá
  • 14/07/2020 - O que pensar do Exército Brasileiro?
  • 14/07/2020 - O que você pode fazer antes da campanha começar
  • 14/07/2020 - Oficina de Karatê do CRAS de Cruzeiro do Sul
  • 14/07/2020 - Desburocratização para incentivar e fortalecer a ...
  • 07/07/2020 - Floraí e Nova Bilac recebem Trator e Equipamentos ...
  • 07/07/2020 - Projeto de lei visa isenção de imposto para bici...
  • 07/07/2020 - Governo Bolsonaro entrega ponte de 100 metros, a o...
  • 07/07/2020 - OAB-Paranavaí doa mais de 1.270 litros de leite pa...
  • 07/07/2020 - Praça com Pista de Skate Antonio Girotto Matiussi ...
  • 07/07/2020 - Ainda neste mesmo dia, foi anunciado no gabinete d...
  • 07/07/2020 - RELATIVISMO A educação moral em perigo
  • 07/07/2020 - COREMAN recebe emenda parlamentar do deputado Aril...
  • 07/07/2020 - Itaguajé revitaliza quadra de areia da Praça da ...
  • 07/07/2020 - Live de Samuel Pratinha arrecadou quase R$ 75 mil,...
  • 07/07/2020 - Loja Maçônica doa aventais e máscaras à Santa Casa
  • 30/06/2020 - Prefeito de Atalaia, Fábio Vilhena entrega novo h...
  • 30/06/2020 - Hospital mantido por Itaipu comemora a oitava alta...
  • 30/06/2020 - ESTILO COWBOY
  • 30/06/2020 - A compaixão cristã
  • 30/06/2020 - Como posso começar minha campanha?
  • 30/06/2020 - Dash Board é a nova ferramenta de enfrentamento a...
  • 30/06/2020 - Primeira Fazenda Urbana do Brasil é inaugurada em ...
  • 30/06/2020 - Com investimentos de quase R$ 2,6 milhões Nossa S...
  • 30/06/2020 - UFPR doa 305 litros de álcool glicerinado para a S...
  • 30/06/2020 - Parte da renda dos peixes comercializados será rev...
  • 23/06/2020 - ACIM doa 5 mil máscaras N95 para os municípios da ...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas