44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

MST já doou mais de 35 toneladas de alimentos para famílias paranaenses, destaca Arilson Chiorato:

As doações fazem parte das atividades alusivas ao Dia Nacional de Luta Pela Reforma Agrária, que é no dia 17 de Abril. A data relembra o massacre de Eldorado do Carajás, em 17 de abril de 1996, quando 19 trabalhadores sem-terra foram assassinados em ação da polícia do Pará, enquanto protestavam pela reforma agrária.



Até esta terça-feira (14), o MST já havia feito a doação de cerca de 35,5 toneladas de alimentos e outros donativos para famílias paranaenses de baixa renda.



O deputado estadual Arilson Chiorato (PT) elogiou a atitude e lembrou o quanto o mundo anda carente de ações solidárias nesse sentido.



“É muito bonito ver nossos amigos e amigas do MST dando esse exemplo para a população. Doando alimentos de primeira qualidade, sem agrotóxicos, para ajudar quem mais precisa. Enquanto os grandes setores de produção seguem preocupados com a perda de seus lucros, a agricultura familiar nos dá esse belo exemplo de solidariedade e amor ao próximo”, afirma.
De acordo com a Assessoria de Comunicação do MST no Paraná, os assentamentos em acampamentos de todas as regiões do Estado estão mobilizados nesse trabalho. Confira o levantamento de todas as ações realizadas até o momento:



3 toneladas de alimento doadas pelos acampamentos Maria Rosa do Contestado e Padre Roque Zimmermann, de Castro, no dia 07/04. Os alimentos foram doados a cinco Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) instalados no município;
2 toneladas de alimento doadas pelo pré-assentamento Emiliano Zapata, de Ponta Grossa, no dia 07/04. Os produtos foram destinados ao Banco de Alimentos do Serviço de Obras Sociais (SOS), da Prefeitura Municipal.



2 toneladas de alimento doadas no dia 10/04, por comunidades do Oeste do Paraná: assentamento Valmir Mota e os acampamentos 1º de Agosto, Dorcelina Folador e Resistência Camponesa, todos de Cascavel; os assentamentos Sepé Tiaraju e Olga Benário, de Santa Tereza do Oeste; e o acampamento Nova Semente, de Catanduvas. As doações foram destinadas povos indígenas da etnia Guarani de Guaíra e Terra Roxa;



14 toneladas de alimento doadas pelo acampamento Maila Sabrina, de Ortigueira (PR), para quatro ocupações da Cidade Industrial de Curitiba (CIC). A distribuição ocorreu na manhã deste sábado (11), para moradores das comunidades 29 de Março, Tiradentes, Dona Cida e Nova Primavera;



7,5 toneladas de alimento doadas pelo assentamento Eli Vive, de Lerrovile, Londrina, no dia 11/04. Os alimentos foram distribuídos às famílias carentes da região sul da cidade;



2 toneladas de alimento doadas pelo Assentamento 8 de Junho, de Laranjeiras do Sul-PR, nos dias 9 e 11/04. As doações foram destinadas à população urbana mais carente do município;



5 toneladas de alimento doadas pelo MST estadual em parceria com a organização Terra de Direitos, destinadas a famílias indígenas das aldeias Kakanē Porã, de Curitiba, e Araçaí, de Piraquara. As doações ocorreram nesta segunda-feira (13).



60 litros de álcool 70% doados pela Cooperativa de Produção Agropecuária Vitória (Copavi), do assentamento Santa Maria, em Paranacity (PR). A doação foi destinada ao Hospital Municipal Doutor Santiago Sagrado Begga, no dia 02/04.



Por Louan Brasileiro, da Assessoria de Comunicação
Com informações da Assessoria do MST Paraná



Fonte: Jornal o Regional
Mais Notícias:
  • 01/12/2020 - Sicredi disponibiliza agência móvel após arrombame...
  • 01/12/2020 - 9ª CIPM/Colorado comemora 2º aniversário
  • 01/12/2020 - Paranacity completou 66 anos de fundação sem fest...
  • 01/12/2020 - Cruzeiro do Sul concretiza com sucesso a Campanha...
  • 01/12/2020 - Bodas de Alecrim ou Telurita
  • 01/12/2020 - A catarinense Bruna Büchele descobriu que sua filh...
  • 01/12/2020 - GERAÇÃO DIGITAL: Por que, pela 1ª vez, filhos têm ...
  • 01/12/2020 - Bolsonaro atende pedido da Sociedade Civil e dá an...
  • 24/11/2020 - Distritos conseguem 44,44% das cadeiras do Legisla...
  • 24/11/2020 - Três Dias: Pequeno manual de sobrevivência do con...
  • 24/11/2020 - O brilhante futuro das sementes forrageiras
  • 24/11/2020 - Avançam as obras de moradias populares em Itaguajé...
  • 24/11/2020 - Fiscalização objetiva conter a pandemia do corona...
  • 24/11/2020 - Medo do coronavírus está provocando aglomeração de...
  • 24/11/2020 - Coriolano Xavier
  • 17/11/2020 - Campanhas mais virtuais, mudanças no calendário e ...
  • 10/11/2020 - Presidente da Amusep vai integrar conselho consult...
  • 10/11/2020 - Ana Sátila ganha mais um Ouro na Copa do Mundo de ...
  • 10/11/2020 - É possível se casar com alguém com ideologia polít...
  • 10/11/2020 - Performance Academia de Itaguajé, dribla “...
  • 10/11/2020 - Senai oferece portfólio com mais de 40 opções de ...
  • 10/11/2020 - Razões para a inanição espiritual cristã
  • 10/11/2020 - Reta final. O que fazer?
  • 10/11/2020 - Mulheres do Paraná recebem homenagem de encerramen...
  • 03/11/2020 - Santa Casa abre inscrições para processo seletivo...
  • 03/11/2020 - Cruzeiro do Sul finaliza a campanha “Outubro Rosa...
  • 03/11/2020 - Paranavaí é avaliada para instalação de indústria...
  • 03/11/2020 - A Primeira Tese
  • 03/11/2020 - Entrega de CMU na 197ª JSM de Santo Inácio
  • 27/10/2020 - Projeto de Duplicação da BR 376 sentido Paranavai,...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas