44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

Nova Esperança finalmente coloca fim nas pedras irregulares:

As pedras irregulares que fazem os motoristas torcerem o nariz, finalmente chega ao fim em Nova Esperança. A prefeitura realizou a última etapa do recapeamento asfáltico sobre paralelepípedos, pedras que não foram muito atrativas aos motoristas, já que o solo da nossa região é arenoso e possibilita com maior facilidade o desnivelamento das mesmas.



“Existia rua que estava mesmo precisando de novo pavimento, pois havia trecho em que as pedras estavam afundando. Tem motorista que ao desviar do buraco quase subia na calçada, colocando em risco a segurança dos pedestres”, destaca o aposentado de 69 anos, que não quis se identificar. Segundo ele, o trânsito pela Rua Padre Anchieta é intenso. “Tem muito carro. Mas temo quanto aos abusos de velocidade com o novo pavimento”, admite o munícipe, que reside naquela rua desde o ano de 1968.



Outro ponto que se levou em conta para a sua adoção foi a característica antiderrapante ocorrendo quedas, principalmente em dias chuvosos. São cerca de 2 mil metros quadrados somando todas as ruas que tinham estas pedras irregulares. A cobertura dos blocos pela massa asfáltica amplia opiniões. As vantagens são inúmeras.



Primeiro na segurança no trânsito com a sinalização no solo, nas pedras não é possível a absorção da tinta como no asfalto, para receber pinturas de sinalização. Outra vantagem é em relação às construções de alvenaria que ficam nas ruas destas pedras irregulares, a trepidação dos veículos por conta dos blocos, especialmente os mais pesados, acaba afetando e causando rachaduras nos imóveis que estão mais próximos das calçadas.



Fonte: Jornal o Regional
Mais Notícias:
  • 22/09/2020 - Zezão, de saqueIro à empresário pela faculdade da ...
  • 22/09/2020 - Juntos pela EducAÇÃO Atalaia tem a 3ª melhor avali...
  • 22/09/2020 - Escola Municipal Professor Flávio Sarrão atingiu ...
  • 22/09/2020 - Educação Municipal de Santa Inês também é destaque...
  • 22/09/2020 - Saudade: entre a brevidade e a oikophilia
  • 22/09/2020 - Tradicional Bar do Leonildo, fundado em 1976, ence...
  • 22/09/2020 - Começaram as castrações gratuitas em Flórida
  • 22/09/2020 - Hospital Psiquiátrico de Maringá inaugura Serviço ...
  • 22/09/2020 - Deputados aprovam em 1ª discussão PL para incluir ...
  • 22/09/2020 - TST julga dissídio coletivo e determina encerrame...
  • 22/09/2020 - Testemunhas de Jeová manifestam gratidão aos profi...
  • 22/09/2020 - Rotary Club de Itaguajé promove plantio de mudas d...
  • 15/09/2020 - Segurança Nacional/Base Náutica Trarbach no Porto ...
  • 15/09/2020 - Hospital mantido por Itaipu ativa novos leitos de ...
  • 15/09/2020 - A Lei: um conselho para os nossos vereadores
  • 15/09/2020 - E agora. Posso divulgar meu número? NÃO.
  • 15/09/2020 - Segurança Nacional/Base Náutica Trarbach no Porto ...
  • 15/09/2020 - Nutrimental e Podium homenageiam servidores e médi...
  • 15/09/2020 - Vários fatores provocaram a alta de preços dos p...
  • 15/09/2020 - PF em Paranavaí vai combater tráfico de armas e dr...
  • 08/09/2020 - História de Sucesso: Agricultor produz mais de 80 ...
  • 08/09/2020 - Trata-se de um evento interdenominacional para t...
  • 08/09/2020 - Em setembro se comemora o Dia Mundial da Lígua de...
  • 08/09/2020 - Nova Esperança finalmente coloca fim nas pedras ir...
  • 08/09/2020 - William Ames (1576-1633), o “Doutor Erudito”
  • 08/09/2020 - Marcela Reguine de Inajá, sinônimo de “Superação
  • 08/09/2020 - O que fazer até dia 27 de Setembro?
  • 08/09/2020 - Com autorização do Judiciário, Prefeitura de Paran...
  • 08/09/2020 - Gaúcha de 27 anos é a vencedora do concurso
  • 08/09/2020 - Amazônia vai ganhar primeira biblioteca flutuante...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas