44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

Prefeitos da Amusep são contra volta das aulas presenciais em março:

Os prefeitos das cidades da área de abrangência da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) defendem que a volta das aulas presenciais ocorra após primeiro de abril. Antes dessa data, eles consideram haver um risco alto, por causa do cenário crônico, com o aumento acelerado no número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus; do sistema de Saúde Pública à beira do colapso, com taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), acima dos 95%; e pela baixa cobertura vacinal no Estado.



A volta às aulas foi um dos temas da reunião emergencial da Amusep realizada no domingo, pela manhã, por meio de videoconferência. Com a presença da maioria dos prefeitos, ficou definido que até abril, as aulas na Rede Municipal de Ensino permanecerão no sistema remoto. Na Rede Estadual, a Associação vai encaminhar ofício para que a Secretaria de Estado da Educação, também, reveja a decisão da retomada das aulas presenciais, mesmo que no modelo híbrido, a partir da próxima quarta-feira (10).



Escolas Particulares



Na Rede Particular de Ensino, os prefeitos vão buscar, via negociação direta com os proprietários, a manutenção do ensino remoto. Nas redes Estadual e Privada, no entanto, destaca o presidente da Amusep, prefeito de Ângulo, Rogério Aparecido Bernardo, o Decreto 7.020, do Governo do Paraná, ampara o retorno das atividades presenciais e o bom senso sugere evitar a judicialização. “Se os municípios decretam a paralisação, os empresários ingressam na Justiça, que, na maioria das vezes, concede liminar para o funcionamento. Tanto em escolas quanto nos estabelecimentos comerciais, nas indústrias e prestadores de serviços”, ressalta.



Durante a reunião, os prefeitos de Maringá, Ulisses Maia; de Sarandi, Walter Volpato; e a prefeita de Mandaguari, Ivonéia de Andrade Aparecido Furtado, a Enfermeira Ivonéia, citaram exemplos de decisões da Justiça que suspenderam o fechamento de lojas de conveniência, em Maringá; de depósitos de materiais de construção, em Sarandi; e de indústrias, em Mandaguari.



Mais vacina
Os prefeitos decidiram, ainda, que a Amusep vai elaborar um ofício para cobrar que o Paraná receba mais vacinas para ampliar a cobertura de imunização dos paranaenses. Dados do Ministério da Saúde indicam que o Paraná ocupa a vigésima posição, na Federação, em número de doses destinadas à população.



De acordo com os gestores municipais, o Ministério da Saúde tem a obrigação de dar a devida atenção ao Estado que mais gerou empregos, no País, desde o início da pandemia; que tem uma contribuição significativa na balança comercial do Brasil, com a exportação dos produtos do agronegócio; e pelo número de habitantes.



O documento será enviado para o governador Carlos Massa Ratinho Júnior; o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano; o futuro presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), a ser eleito nesta terça-feira (9), prefeito de Jesuítas, Aparecido José Weiller Júnior, o Júnior Weiller; e as bancadas de deputados estaduais e federais, que representam a região. “Vamos mobilizar as forças políticas para criar um grande movimento que sensibilize o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre a necessidade de o Governo Federal enviar mais doses de vacinas, para o nosso Estado, que enfrenta o cenário mais crítico e dramático, em número de casos confirmados, óbitos e pacientes que necessitam ser internados, tanto em enfermaria quanto em UTI”, frisa o presidente da Amusep, Rogério Bernardo.

Mais Notícias:
  • 20/04/2021 - Moradores de Santo Inácio, Santa Inês e Itaguajé ...
  • 20/04/2021 - Prefeitos se mobilizam para manter comércio fecha...
  • 20/04/2021 - Mandaguaçu dá largada na Operação Regional do 4º ...
  • 20/04/2021 - Cuba, PCC e a liberdade religiosa: a tragédia da ...
  • 20/04/2021 - Pandemia provoca mudança no número de nascimentos...
  • 20/04/2021 - Instituto de Criminalística começa a funcionar jun...
  • 20/04/2021 - DER publica edital para duplicação da PR 317 de Ig...
  • 20/04/2021 - Núcleo Feminino da Cocamar doa fraldas e álcool a ...
  • 20/04/2021 - Em Floresta, a Prefeitura entrega a primeira casa...
  • 13/04/2021 - PR-542 entre Colorado e Itaguajé recebe obras de ...
  • 13/04/2021 - Santa Casa recebe doação de R$ 5 mil do Instituto...
  • 13/04/2021 - Coluna História e Sociedade - O primeiro jogo de f...
  • 13/04/2021 - Prefeitura abre frente de trabalho reforma do Galp...
  • 13/04/2021 - Alunos da Rede Municipal de Ensino recebem ovos d...
  • 13/04/2021 - Doação recebida com sucesso!
  • 13/04/2021 - Crianças da rede municipal recebem Ovos de Páscoa
  • 06/04/2021 - ONG Ninho da Águia é Arte...é Vida!
  • 06/04/2021 - Deputada Aline Sleutjes e deputado Neri Geller de...
  • 06/04/2021 - O Documento do Historiador: o legado dos Annales
  • 06/04/2021 - Senadores Oriovisto e Simone Tebet (MS) apoiam a R...
  • 06/04/2021 - Colorado promove campanha alusiva ao Dia Mundial d...
  • 06/04/2021 - Em Itaguajé aconteceu carreata em defesa da vida ...
  • 30/03/2021 - Deputado de primeiro mandato é o 3º parlamentar m...
  • 30/03/2021 - Porto Rico oferece Infraestrutura no Rio Paraná
  • 30/03/2021 - Qual o propósito da História como disciplina?
  • 30/03/2021 - Deputada Aline Sleutjes visita Confederação Nacion...
  • 30/03/2021 - Em Colorado, Hospital Santa Clara está cada vez ma...
  • 30/03/2021 - Profissionais da Santa Casa são homenageados pela ...
  • 30/03/2021 - Copel conclui nova linha de energia que conecta Pa...
  • 23/03/2021 - Nova Esperança emplaca Canteiro de Obra ou Frente...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas